Caneta inovadora ajuda doentes de Parkinson a escrever e relaxar os músculos

Quando se descobriu com um tumor no cérebro e ficou debilitada por um período, a designer inglesa Lucy Jung compreendeu a importância de pensar o design com foco nas pessoas que têm necessidades especiais ou doenças. Foi então que, curado o tumor, ela propôs que seu grupo de colegas do mestrado criasse algo para despertar a empatia das pessoas para aqueles que sofrem de Parkinson.

A ideia inicial era desenvolver uma caneta que liberasse cargas elétricas assim que a ponta encostasse no papel, dando à pessoa a sensação da “tremedeira” causada pela doença. Durante os testes, contudo, o grupo percebeu que os estímulos seriam benéficos justamente para os pacientes que têm Parkinson, uma vez que ajudam a relaxar os músculos, que tendem a se contrair devido à doença. Assim foi criada a Arc Pen, a primeira caneta desenvolvida para garantir uma escrita legível e o relaxamento muscular desses pacientes.

A caneta foi testada em 14 pessoas que sofrem com a doença de Parkinson e se mostrou benéfica em 86% dos casos. O mais interessante é que os efeitos de relaxamento duram até 10 minutos após o uso da caneta, garantindo que a firmeza na mão se mantenha também em outras atividades além da escrita. A invenção deu origem à Dopa Solutions, uma empresa que busca parceiros e patrocinadores para a produção da caneta e que tem a intenção de desenvolver novos produtos para pacientes e pessoas com necessidades especiais.

somos-inovadores-inovação-we-are-innovative-innovation-industria-cni-fiesp-firjan-fiergs-criatividade-brasil-brazil-sao-paulo-porto-alegre-bravence-aldo-della-rosa-31

somos-inovadores-inovação-we-are-innovative-innovation-industria-cni-fiesp-firjan-fiergs-criatividade-brasil-brazil-sao-paulo-porto-alegre-bravence-aldo-della-rosa-32

http://www.hypeness.com.br/2015/04/caneta-criada-para-quem-sofre-da-doenca-de-parkinson-garante-uma-escrita-legivel-e-ajuda-a-relaxar-os-musculos/

Você também poderá gostar...