Empresas gaúchas visitam ícones da inovação no Vale do Silício

bravence-somos-inovadores-inovação-innovation-industria-cni-fiesp-firjan-fiergs-pgqp-sebrae-treinamento-aldo-della-rosa-palestrante-sao-paulo-porto-alegre-usp-puc-onu-hsm-7

O Rio Grande do Sul aporta no Vale do Silício. Dez empresários gaúchos participam de uma missão ao principal polo de inovação mundial. Eles fazem parte de uma comitiva do SEBRAE/RS e da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs), em um roteiro com referências como o Google, a TiE Silicon Valley, a maior associação mundial de empreendedorismo, e a Universidade de Stanford. A viagem vai até o dia 11 de outubro.

A missão faz parte do projeto Promover Negócios Internacionais das Empresas de TI ao Vale do Silício. O gestor do projeto do SEBRAE/RS, Gustavo Piardi, destaca que o objetivo é agregar conhecimento sobre inovação, tecnologia e modelos de negócio, visando ao aumento de competitividade das empresas. “A viagem começou com visitas muito importantes para contextualizar os empresários brasileiros no ambiente do Vale do Silício. É uma etapa fundamental para que as empresas entendam como podem atuar para melhor aproveitar as agendas aqui e também como podem influenciar para criar um melhor ambiente de negócios no mercado brasileiro”, observa o gestor.

Na segunda-feira, a missão gaúcha visitou a Universidade de Berkeley, onde assistiu uma palestra com Rick Rasmussen sobre a formação e a cultura do Vale do Silício. Berkeley é uma das melhores universidades dos EUA, que revelou 61 prêmios Nobel. Após a visita à Berkeley, o grupo foi recebido no consulado brasileiro em São Francisco. Na ocasião, o embaixador Eduardo Paraíso Prisco falou sobre a importância de as empresas do setor de TI estarem presentes no Vale do Silício para competir globalmente.

Na terça-feira, 6 de outubro, foi a vez de uma visita à Nasa para conhecer alguns projetos inovadores que poderão gerar impactos no futuro. “Também passamos pela IBM, uma das maiores empresas de tecnologia do mundo, onde participamos de palestras sobre inovação e empreendedorismo, além de uma apresentação das novas tecnologias da multinacional para apoiar as pequenas empresas do setor”, afirmou Piardi.

Até o dia 11, o grupo ainda visitará o Google, a TiE Silicon Valley, a Universidade de Stanford, Zendesk e a aceleradora Plug and Play Tech Center. Além de trazer na bagagem informações sobre as novidades que presenciarem no Vale do Silício, os empresários podem passar futuramente, por uma vivência mais ampla, com três meses de duração, como já ocorreu com um grupo anterior de um projeto promovido pelo SEBRAE/RS. A ação foi tão bem-sucedida, que algumas empresas gaúchas, como a Lexsis Consultoria e Sistemas, de Porto Alegre, acabaram fincando a bandeira gaúcha nos Estados Unidos e inaugurando filiais no Vale do Silício.

Você também poderá gostar...