Falta Inovação Aos Empreendedores Do Alentejo E Centro, Aponta Estudo

somos-inovadores-inovação-we-are-innovative-innovation-industria-cni-fiesp-firjan-fiergs-criatividade-brasil-brazil-sao-paulo-porto-alegre-bravence-aldo-della-rosa-60

A maioria dos empreendedores das regiões portuguesas do Alentejo e do Centro e da Estremadura espanhola “não tem inovação associada”, o que desprotege a ideia de negócio, conclui um estudo apresentado hoje em Évora.

Rui Quaresma, docente da Universidade de Évora e um dos investigadores que participaram no trabalho, revelou que “a inovação não está muito presente, sobretudo nos negócios mais antigos”.

“Se não há inovação, o que é que distingue um negócio dos que já estão instalados? Sem inovação, não pode existe uma patente, nem qualquer tipo de proteção” do negócio, o que torna “mais fácil copiar a ideia”, alertou.

Esta é uma das conclusões do estudo sobre empreendedorismo na Eurorregião Alentejo-Centro-Extremadura (EUROACE), produzido por investigadores das universidades de Évora, Beira Interior e Estremadura e em que foi utilizada a metodologia “Global Entrepreneurship Monitor (GEM)”.

Rui Quaresma referiu que “o Alentejo destaca-se das outras regiões” no parâmetro sobre as motivações para empreender, indicando que “75 por cento das iniciativas resultam da identificação de oportunidades”.

“O empreendedor é maioritariamente do sexo masculino e, no mínimo, tem estudos superiores no Alentejo e no Centro”, enquanto na região da Estremadura espanhola “estão um pouco melhor, já têm estudos ao nível do bacharelato”, adiantou.

Por outro lado, assinalou que as pessoas destas três regiões “veem menos oportunidades para lançar negócios do que as populações de outras regiões”, o que, aparentemente, significa que “estas regiões são pouco interessantes ou têm poucas condições para o aparecimento de novos negócios”.

As conclusões do estudo sobre empreendedorismo na EUROACE foram apresentadas na cerimónia de comemoração do Dia da Europa, que decorreu no auditório da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Alentejo.

http://oje.pt/alta-inovacao-aos-empreendedores-do-alentejo-e-centro-aponta-estudo/

Você também poderá gostar...