Inovação e acesso ao crédito são temas de oficinas gratuitas para micro e pequenas indústrias do PR

somos-inovadores-inovação-we-are-innovative-innovation-industria-cni-fiesp-firjan-fiergs-criatividade-brasil-brazil-sao-paulo-porto-alegre-bravence-aldo-della-rosa-106

O Encontro das Micro e Pequenas Indústrias do Paraná, que acontece nos dias 13 e 14 de maio, no Centro de Eventos da Fiep – Campus das Indústrias, em Curitiba, terá dez oficinas gratuitas de inovação, crédito e qualidade de vida. As oficinas, promovidas pelo Sebrae/PR, Senai, Sesi e Fiep, serão realizadas no segundo dia do evento, com o objetivo de estimular a competitividade nos pequenos negócios do setor industrial. As inscrições ainda podem ser feitas pelo site www.encontrodasindustrias.com.br, porém, as vagas são limitadas.

Dentre as oficinas de inovação, uma delas terá como tema principal a “Potencialidade da Competitividade Industrial”. A oficina será ministrada pelo administrador e especialista em Gestão de Pessoas, Marcelo Silveira Dalle Teze, com dez anos de experiência em consultorias para indústrias. Ele abordará a importância de práticas para alavancagem tecnológica, de forma a assegurar o aumento da eficiência nos processos de fabricação industrial.

A oficina “Redesenhando o modelo de negócios na indústria” vai apresentar, de maneira simples e com aplicação imediata, a ferramenta Canvas, utilizada para criação, desenho e redesenho do modelo de negócios em organizações. Com o Canvas, podem ser visualizados, em um único plano, os nove elementos fundamentais para o sucesso do negócio e a interação entre eles. Quem vai ministrar a oficina é o administrador e consultor Erlon Labatut, especialista em áreas de estratégia, startups e inovação.

De acordo com a consultora do Sebrae/PR, Ana Lúcia de Sousa, uma das organizadoras do evento, as oficinas foram idealizadas para despertar, nos participantes, novas formas e visões das metodologias aplicadas nos processos de produção. “Procuramos trazer profissionais especializados para ministrar as oficinas e apresentar ações práticas e efetivas que podem ser implementadas facilmente nas indústrias.”

Ana Lúcia de Sousa também destaca que, quando se fala em inovação, não se trata apenas de modificações tecnológicas ou criar um novo produto, e, sim, aprender as novas formas de se melhorar a produtividade e tornar-se mais competitivo. “Para se firmar no mercado, é preciso inovar, seja pela criação de um novo produto ou pela melhoria no processo produtivo. Isso pode facilitar a logística industrial e, consequentemente, gerar economia. É o que chamamos de inovação incremental e vamos apresentar ao longo das oficinas”, aponta a consultora do Sebrae/PR.

“Ainda, dentro do conceito de inovação, acontecem as oficinas “Como transformar ideias em projetos”, ministrada por Alisson Marcelo Laurindo, da Gerência de Tecnologia e Inovação do Senai no Paraná, que traçará a sistemática dos Editais de Inovação; e “Design aplicado na indústria”, abordando conceitos de design aplicados ao produto, marca e embalagem integrados aos aspectos de funcionalidade e requisitos mercadológicos. Esta oficina será comandada pelo profissional Marcelo Gonçalves Azevedo, da Rede Senai de Design.

“Sobre as diversas modalidades existentes para financiamento de projetos de inovação, a oficina “Fomento para inovação e ao crescimento do negócio” vai apresentar as oportunidades oferecidas pelo setor público, os editais e linhas de financiamento com juros subsidiados, além das iniciativas do setor privado, como fundos de investimento. Os palestrantes serão Luís Gustavo Ribeiro De Amorim, da CVenture; Elson Hazelski Teixeira, da MPME Inovadora e Fomento Paraná e Maricilia Volpato, da Gerência de Tecnologia e Inovação do Senai no Paraná. “Acreditamos que as indústrias irão encontrar nas oficinas e no portfólio do Senai no Paraná, as soluções que necessitam para obter ganhos com produtividade e, com isso, obter ganhos com competividade em seu setor de atuação”, comenta Sonia Regina Hierro Parolin, Gerente de Tecnologia e Inovação do Senai no Paraná.

Crédito e qualidade de vida

Além de aprender a inovar, os colaboradores de micro e pequenas indústrias também poderão participar das oficinas sobre obtenção de crédito e destinação de recursos financeiros para investimentos em inovação. Na oficina sobre “Educação Financeira”, os participantes terão noções de gestão e orçamento, relação com o dinheiro e a apresentação da Calculadora do Cidadão online, ferramenta prática para uso tanto da empresa quanto pelo consumidor. Quem comandará a oficina é Rogério Mandelli Bisi, gerente-técnico do Departamento de Organização do Sistema Financeiro do Banco Central em Curitiba e membro da Rede de Educação Financeira do Banco Central.

Sobre as diversas modalidades existentes para financiamento de projetos de inovação, a oficina “Fomento para inovação e ao crescimento do negócio” vai apresentar as oportunidades oferecidas pelo setor público, os editais e linhas de financiamento com juros subsidiados, além das iniciativas do setor privado, como fundos de investimento. Os palestrantes serão Luís Gustavo Ribeiro De Amorim, da CVenture; Elson Hazelski Teixeira, da MPME Inovadora e Fomento Paraná e Maricilia Volpato, do Sesi/Senai.

Já a oficina “Elaboração de roteiros e projetos para captação de recursos”, ministrada pela especialista em gestão financeira, Bernadete Silveira Martins, tratará os requisitos básicos para apresentação de projetos de captação e os requisitos necessários para a organização do projeto.

Na oficina “Garantias de Crédito”, serão detalhados mecanismos de apoio existentes e as alternativas para os empresários que não contam com garantias suficientes para obtenção. Quem apresentará as vantagens do sistema, e como os empresários podem acessá-lo, são Augusto José Sperotto, empresário e presidente da Garantioeste, falando sobre a Sociedade de Garantia de Crédito (SGC); João Baptista Guimarães, da Fiep, sobre Fundo Garantidor para Investimentos (FGI); e Flávio Locatelli, do Sebrae/PR, sobre o Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (Fampe).

“Nessas palestras, vamos apresentar os três instrumentos de garantia para o industrial que deseja investir em inovação. Nosso propósito é aproximar o industrial das instituições financeiras e mostrar como buscar esses recursos com melhores condições e taxas de juros. Se o industrial estiver preparado e planejado, ele não toma decisões equivocadas e tem acesso ao crédito de forma mais simples, usando esses instrumentos”, explica Flávio Locatelli, coordenador de Acesso a Serviços Financeiros do Sebrae/PR e palestrante do evento.

Para Eduardo Kossovski, da Fiep, este momento é propício para refletir e discutir sobre soluções inovadoras. “Em momentos de crise, as palavras de ordem são competitividade e inovação, temas que trabalharemos durante todo o evento. Vamos apresentar as inovações que podem ser feitas no setor industrial e de que maneira investir nesses projetos. Uma empresa bem planejada, que busca o diferencial, se torna mais competitiva e preparada para aproveitar as oportunidades”, acrescenta o coordenador de Fomento da Fiep.

Além de palestras sobre crédito e inovação, também haverá a oficina “Qualidade de vida no trabalho, uma oportunidade no planejamento e gestão da MPE”, em que o gerente de Qualidade de Vida do Sesi no Paraná, Ademir Vicente da Silva, vai focar especialmente em questões sobre a saúde do trabalhador e o clima organizacional da empresa como fatores preponderantes para a competitividade empresarial.

Sobre o Encontro

Com a proposta de fomentar um ambiente favorável ao fortalecimento da competitividade industrial, o Encontro das Micro e Pequenas Indústrias do Paraná ocorre nos dias 13 e 14 de maio, no Centro de Eventos do Sistema Fiep. O evento traz palestras e painéis, no primeiro dia, e a série de oficinas relacionadas a investimentos e novas ideias, no segundo.

Resultado de uma parceria entre a Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Sebrae/PR, Federação das Associações de Micro e Pequenas Empresas (Fampepar) e Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Paraná (Faciap), o Encontro tem formato interativo, com histórias reais de indústrias que melhoraram seus desempenhos a partir de crédito e inovação.

Fonte: http://www.faciap.org.br/site/noticias/inovacao-e-acesso-ao-credito-sao-temas-de-oficinas-gratuitas-para-micro-e-pequenas-industrias-do-pr/

 

Você também poderá gostar...

4.461 Responses